30.4.06

Tenho um presente para ti...


Desembrulha-me...

21.4.06

Bom dia!!!

11.4.06

Bons Sonhos, amantes...

... quentes, e pecaminosos sonhos para todos os amantes...

... hum....

...esta Primavera, tá que tá promissora, hem?! Sinto o cheiro...

tssssssss

5.4.06

Visual Primaveril...hum...

Esta Primavera....

.........................ando a sentir-me...
...incrivelmente.....
................... ..........sexy....
Apetece-me...devorar alguém....
Decidi mudar o visual...
Viva Milo Manara

2.4.06

Chegou a Primavera!!


Chegou a Primavera!!

Achavam que não voltaria?
Só não (me) vim mais cedo porque tive de ir à procura de umas presas para alimentar este belo corpinho!

Por agora nada mais acrescento...
Mas estou de volta...

tssssssss

31.3.06

Estou...


... assim.
Na esquina da vida.
À espera que passes e me leves contigo.

30.3.06

Assim

Queria-te assim... Sem rosto.
Só sexo.
Só emoção.
Só química.
Só prazer.
Sem complicação...

29.3.06

Sim eu merceço...

Castiguem-me... castiguem-me muito...
Tenho deixado o ninho ao abandono... Tenho sido uma bad girl... Eu sei!
Mas ando tão desmotivada!!!
Preciso de uma valente queca para me animar!
Onde porra andam os gajos que me tiram o folego de tanta tesão só de olhar para eles???
A culpa é deles! Desapareceram e uma gaja fica sem alimento e sem fonte de inspiração!
Prometo voltar em breve e em força...

16.3.06

Telepatia

12.3.06

Previnam-se...

7.3.06

Só me apetece...

Fugir!!!

3.3.06

Ando sem palavras...

1.3.06

O meu corpo é um livro aberto...

28.2.06

Aiii...

Foi bom...
Foi muito bom!!!

Acordei....

...com um apetite voraz!
Dirigi-me a um antigo local onde sempre encontrava sangue fresco... mas... não é que a coisa está paradíssima há um tempão?

Que é feito de vós Pelintras??

Vou voltar para o meu ninho...

tssssssss

26.2.06

Adoro o Carnaval

Onde tudo é permitido e todas as máscaras deixam de ser necessárias!
Be fun...
Be chic...
Be sexy...
Enjoy...

25.2.06

Cyber

Afinal onde pára a veracidade das relações cibernéticas?
Quais as reais expectativas, o que é que projectamos e idealizamos, que desejos estão nelas sublimados, reprimidos?
Até onde vão as nossas fantasias, os nossos medos?
Qual a fronteira entre o que somos e o que desejariamos ser?
O que é afinal verdade ou mentira sobre nós próprios?


24.2.06

No Words No Pain X

23.2.06

No Words No Pain IX

22.2.06

Tentação

És uma forte tentação, uma incógnita, um desejo muito forte, uma tesão insuportável, uma saudade permanente.
Gosto da tua luz, do teu erotismo.
Não quero apresentar-te ou mostrar-te seja a quem for. És um dos meus segredos e quero apenas preservar-te.
Não sei onde estás, com quem estás, nem se voltarás.
Apenas sei que quando voltas estás comigo e quando não estás estás em mim...

No Words No Pain VIII

21.2.06

No Words No Pain VII

20.2.06

Desejo

Um desejo irreprimível que não se concretiza.
Uma atracção que não se explica.
Ela treme.
Ele sorri. Murmura-lhe que se sente fascinado por ela.
Ela não acredita. Defende-se com uma ironia trocista, confiando na sua intuição.
Mas ele é subtil. Respeito e classe transpiram-lhe pelos poros da pele.
Ela, que sempre fugira habilmente de todas as armadilhas da adultez, sentia-se agora presa. Anseia por ouvir a sua voz, quente, grave, sensual.
Ele fuma. Observa-a.
Ela olha-o fugaz, tímida. Gosta dele... apesar de sentir que ele lhe pode pedir algo que ela não lhe pode dar.

18.2.06

O tédio imobiliza

Três amigos encontram-se ao fim de 20 anos sem se verem:

-Sou gay e fodo com travestis.

-E a tua mulher sabe?

-Não. Nem tenho coragem para lhe contar. Estou viciado. É agressivo, decadente e bom!

-Porquê?

-Tédio. Tenho 40 anos, nada muda, a estabilidade é tão "estável" que me assusta.

-E tu?

-Eu sou puta.

-Mas puta, puta?

-Sim. Eles pagam e eu faço o que querem.

-E não tens nojo?

-Não. Os meus clientes são selectos. Não vou com qualquer um. Sinto prazer com eles.

-E o teu marido?

-Ele não sabe. Pensa que sou terapeuta corporal. É bom. À noite em casa quando fazemos amor até me dá mais tesão, mais prazer! Ele é o melhor de todos, sem dúvida!

-... Realmente... O mundo está mesmo a sofrer de tédio!

No Words No Pain VI

17.2.06

No Words No Pain V

16.2.06

No Words No Pain IV

15.2.06

No Words No Pain III

14.2.06

No Words No Pain II

13.2.06

No words, no pain